Os Mais Belos Poemas Em Palavras Doces

Amigos, os mais belos poemas

Em palavras doces eles são surpreendentemente novos

Meu ditado não é para irritar nem Alda Neves, nem Yara dos Santos

Nem Catulo, nem Caetano da Costa Alegre, nem Mário Pinto, nem Víctor Hugo

Nem Kalaf Epalanga, nem Abdulai Silá, nem Edmond Laforest, nem Mia Couto

Eles fizeram seus séculos e seu tempo

É outra estação, outra primavera

Eterna para os novos poetas

Que usam suas canetas como chicotes e armas.

 

Entendemos que alguns poemas

São como bons e deliciosos vinhos

Ok, a beleza e a vegetação dos pinheiros

Eles são perpétuos e naturais. O vento semeia

Às vezes de oeste para leste ou sul para norte

O ar quente e frio sem arrependimentos

Poetas jovens são tão bons quanto os velhos

Que o mundo inteiro adore com inveja.

 

P.S. Tradução de 'Les Poèmes Les Plus Beaux En Mots Doux'

Por Hébert Logerie

Copyright © Janeiro 2022, Hébert Logerie, Todos os direitos reservados

Hébert Logerie é autor de vários livros de poesia.

 

This poem is about: 
Me
My family
My community
My country
Our world

Comments

Need to talk?

If you ever need help or support, we trust CrisisTextline.org for people dealing with depression. Text HOME to 741741